Loading...
Depoimentos2018-10-22T17:27:28+00:00

SUA OPINIÃO É IMPORTANTE PARA NÓS

Conhecer sua experiência na Miudinhos e saber sua opinião sobre o trabalho desenvolvido, além de muito importante para o nosso aprimoramento, é uma fonte de inspiração e motivação para todos nós.

RELATO DA MAMÃE DE UM MIUDINHO “ENERVONHADO”

O nosso Miudinho chegou à escola com 4 anos. No início, falava pouco, chorava e por vezes gritava.

Qualquer barulho o assustava muito. Incomodava-se com texturas e movimentos bruscos.. Um toque inesperado, mesmo que leve, chegava a doer. Ele raramente sorria e não sabia brincar.

O olhar sensível e atento de educadores experientes logo notou o que os nossos olhos e corações de pais, não sei se por medo ou desconhecimento, ainda não tinham enxergado.

Em uma conversa franca, mas muito acolhedora, escutamos o relato de que o nosso Miudinho era diferente. Por alguns instantes, o mundo parou e todo o caminho e sonhos que havíamos traçado pareceram impossíveis. Por sorte, estávamos diante de pessoas que educam não só crianças, mas também suas famílias. Aquela notícia difícil veio acompanhada de muitas propostas e grande otimismo. Sentimos que não estávamos sozinhos e aceitamos aquele desafio como a nossa maior missão na vida.

Iniciamos então uma maravilhosa parceria na qual a nossa família, a escola e a equipe multidisciplinar falavam a mesma língua: a do acolhimento, respeito e incentivo. E a partir daí, alcançamos vitórias diárias.

Aquele Miudinho que no início se dizia “muito enervonhado” brincou na areia pela primeira vez. Em seguida aceitou as brincadeiras com água, experimentou novos sabores, conheceu diferentes texturas, se permitiu subir nas alturas… Os sons já não lhe causavam mais medo e assim, ele conseguiu dançar com alegria.. O contato físico se tornou mais natural e ele se aventurou no futsal… As excursões mostraram que o desconhecido poderia ser muito divertido… E então, aos poucos, o Miudinho aprendeu a brincar, fez amigos de verdade e mostrou suas covinhas em um lindo sorriso.

Muito mais rápido do que eu imaginava, vem chegando o momento do Miudinho descobrir o mundo fora dos muros da escola. E é claro que o meu coração de mãe se apertou de insegurança.  O que eu não esperava é que esse ano de despedida seria tão especial. De forma muito natural, o projeto que os ensinou a evolução do mundo desde os anomalocaris, mostrou a eles que a vida segue uma sequência, e os preparou para a evolução deles mesmos. As crianças entenderam que o fim de cada etapa é uma grande vitória e deve ser muito comemorado. Assim, a despedida ficou leve e a insegurança foi vencida pela curiosidade.

O Miudinhos foi a primeira sociedade em que o nosso Miudinho “enervonhado” viveu fora da proteção da nossa casa. E nessa sociedade ele foi respeitado em suas diferenças, acolhido e incentivado em suas potencialidades. Aprendeu os valores essenciais para se tornar “um bom rei” e colheu os frutos mais importantes da infância: os amigos e as brincadeiras. Não sei se as sociedades que vêm pela frente serão tão generosas com ele, mas o que importa é que o primeiro passo foi dado e nos fez acreditar que os próximos serão tão vitoriosos como esse.

Muito obrigado por acolherem nossa família com tanto carinho e nos educarem com tanto respeito e excelência.

Um grande abraço,

Clara, Alexandre, Marcelo e Eduardo

Setembro/ 2018

Bom dia professoras,

Muito obrigada por fazerem parte da historia de Lia, cuidando dela com carinho e ajudando a ela a fazer novas descobertas a cada dia.

Certamente isso ficará guardado em algum cantinho da sua memória e do seu coração.

Abraços,

Carol e Gabriel

Setembro/ 2018

À Equipe Miudinhos,

É difícil colocar no papel todos os sentimentos que temos por vocês.

Obrigada a todos pelo carinho, compromisso e amor envolvidos na grande tarefa de ensinar.

Abraços carinhosos,

Lenora, Júlio César e Lucca

Outubro/ 2018

A toda equipe Miudinhos, que fez os últimos 7 anos da nossa vida mais felizes.

Obrigada por estarem ao lado dos nossos pequenos, realizando lindos sonhos!

Com carinho,

Fernanda, Gabriel, Tiago e Maria Clara

Outubro/ 2018

Bom dia, professoras,

Muito obrigada por fazerem parte da sua historia, cuidando dela com carinho e ajudando a ela a fazer novas descobertas a cada dia.

Certamente isso ficará guardado em algum cantinho da sua memória e do seu coração.

Abraços,

Carol e Gabriel

Setembro/ 2018

À Equipe Miudinhos,

Falo em nome de toda a família de Larissa. Somos muito gratos pelo carinho e paciência com que nos acolheram na escola. Pais de primeira viagem chegam com muitas dúvidas e cheios de ressalva, medo e um aperto no peito por confiar o seu tesouro à escola..

Contudo vocês nos conquistaram e, principalmente conquistaram Larissa. É gratificante ver que ela está feliz e aprendendo muito com vocês. As crianças são o futuro de uma nação. Mas, para isso, precisamos garantir sua  educação. A parte da educação que cabe à escola está sendo muito bem desempenhada pela equipe Miudinhos.

Um carinho especial às professoras do Berçário e do Infantil I integral, que diante desse desafio, não medem esforços para respeitar detalhes de cada bebê e atender os anseios dos pais.

E assim foi o nosso 2018!!!

Parabéns, professores por terem tanto amor pelo que fazem!

Larissa, Bruna e Ronaldo

Outubro/ 2018

Há cinco anos meu filho mais velho estuda no Miudinhos e há dois o meu filho mais novo. Não tenho como agradecer à está escola o que fizeram e tem feito pelos meus filhos. Sensacional a metodologia de ensino, o atendimento aos pais e às crianças. Meus filhos adoram ir para o Miudinhos. Eles tem prazer de estar lá.

Aprendem brincando. A cara de felicidade quando estão indo para lá, não tem preço. Recomendo a todos que tem filhos do berçário aos 6 anos. Quem dera eu pudesse estudar no Miudinhos na minha época! Obrigado à toda equipe do Miudinhos! Parabéns pelo que tem feito ao longo desses mais de 20 anos de caminhada e espero que venham muitos anos pela frente e que continuem educando e fazendo os nossos filhos felizes e criando verdadeiros seres humanos!

Evandro de Conti Gomes, na época da formatura do filho Lucas em dezembro de 2017

“Como é difícil, desafiador e prazeroso se tornar pai,
Um mundo novo, novas responsabilidade e várias descobertas.
Desde muito jovem sempre quis ter filhos, mas na verdade não sabia como seria,
Recém saído das fraldas da faculdade, recém casado e atentos a tudo e a todos a Moara engravidou,
E como foi boa a expectativa pela chegada da Iara,
Cada ultrassom, cada roupinha comprada, a casa preparada,
Muito aprendi e cresci desde a sua chegada,
Aprendi a dar banho, trocar fralda e a me encantar com cada nova descoberta,
Junto com as alegrias, vem as aflições que um neném em casa nós traz;
Com quem deixar quando for trabalhar? Babá, escola, parente. Era uma dúvida que na minha cabeça vivia martelar,
Depois de muito pesquisar, resolvemos que a Miudinhos seria a melhor opção,

Hoje quando olho para JAN/16 vejo que realmente acertamos, ver a Iara complemente realizada, mais solta e feliz na ida e volta da escola nós deu tranquilidade que esperávamos da instituição,

Sempre levarei a Miudinhos no Coração,
Ai vi minha primeira filha aprender a falar, cantar e brincar,

E por todo o carinho com a “nossa” pequena Iara sempre serei grato a Priscila, Idelma, Elza, Juliana, Carina, Sirlene, Nilce, Camila, Marcos, Harley e todos os funcionários da escola,
O calendário que vejo na minha mesa,
Me lembra que amanhã será o último dia da Iara na escola,
Ele está marcando 1 ano, 6 meses, alguns dias e umas poucas horas.

Com gratidão e carinho”

Matheus Boechat, pai de Iara no momento de sua despedida da escola em Julho de 2017

“A toda equipe Miudinhos,
Agradeço muito o carinho, atenção e dedicação ao Marcelo.
Sentimos que o amor que ele recebe faz da escola extensão da nossa casa. Saber que ele é aceito com suas diferenças faz dele uma criança mais alegre e confiante.
Na inclusão praticada pela escola, vocês enxergam e valorizam cada criança em todas as suas características, sem rótulos ou preconceitos.”

Clara e Alexandre, pais de Marcelo da Turma Amarela em Junho/2017

Esta escola foi muito boa para mim, porque sempre esteve comigo nos meus melhores e piores momentos. Nela, eu aprendi muitas coisas e fiz muitos amigos. Participei de brincadeiras, atividades e excursões de que eu gostei muito. O Miudinhos vai ser sempre uma boa lembrança para mim.

Vinícius Pinho Galvão, ex-aluno, em 2011, quando tinha 9 anos

“Com toda nossa gratidão, recebam nosso carinho.

Agradecemos por nos ajudar a viver com alegria, fé e segurança neste período cheio de desafios.

Parabéns ao MIUDINHOS – O NOSSO REINO ENCANTADO!”

Marina e Gil, pais de Arthur, Laura e Ana

“Equipe do Miudinhos,
Agradecemos sinceramente a todos pela dedicação, carinho, respeito, profissionalismo, sensibilidade com que fomos recebidos por vocês.
Esse momento especial na vida do Márcio de ter sido tão bem acolhido em sua primeira experiência em ambiente escolar vai ser sempre lembrado com ternura. Levamos cada um de vocês com muito carinho em nossas lembranças.”

Ana Paula e Márcio, pais de Márcio Ávila Santoro, na época da mudança da família para o interior de Minas Gerais em abril de 2015

“Carta de agradecimento a uma escola muito especial

Querida Equipe do Miudinhos,
Depois de seis anos, nossa família infelizmente deixará o MIUDINHOS, pois os nossos filhos cresceram.
Estamos com um sentimento de tristeza, pois esta etapa tão boa da nossa vida está terminando. Porém, com muita gratidão, pois sabemos que os nossos filhos vão vencer obstáculos ao longo da vida com a bagagem que o MIUDINHOS proporcionou a eles!
Gratidão por nos auxiliar na educação dos nossos filhos;
Gratidão pelos relatórios tão bem elaborados;
Gratidão por tantas excursões que tornaram o dia a dia escolar mais interessante, proporcionando aos meninos a vivência do mundo além das salas de aula;
Gratidão por ajudarem a tornar nossos filhos mais independentes, resolvidos, cientes dos seus limites, sensíveis aos sentimentos dos outros;
Gratidão por nos ter proporcionado (através de tantos eventos que organizaram, e principalmente pela preparação da formatura) tantos amigos que hoje já fazem parte da nossa família;
Gratidão pelo cuidado e amor com Thiago e Paula

Um imenso OBRIGADO!”

Miriam Luttgen e Luiz Cláudio, pais de Paula e Thiago na época da formatura do filho Thiago em dezembro de 2016

“Quero expressar meu agradecimento pelo acolhimento da Duda no MIUDINHOS.
Aí ela desenvolveu, cresceu, amadureceu, mas, acima de tudo, continuou feliz no ambiente escolar!
Ao recebê-la, vocês abriram também um novo mundo para ela, um novo olhar e muitos aprendizados.
Aí ela foi bem recebida e pôde continuar sua história de crescimento.
O MIUDINHOS ficará para sempre em nossa memória e em nosso coração! Foi um tempo intenso, verdadeiro e cheio de emoções!
Obrigada de todo coração r muito sucesso a vocês, sempre!”

Mariana Chaves de Resende, na época da formatura da filha Maria Eduarda em dezembro de 2016

“Quero expressar meu agradecimento pelo acolhimento da Duda no MIUDINHOS.
Aí ela desenvolveu, cresceu, amadureceu, mas, acima de tudo, continuou feliz no ambiente escolar!
Ao recebê-la, vocês abriram também um novo mundo para ela, um novo olhar e muitos aprendizados.
Aí ela foi bem recebida e pôde continuar sua história de crescimento.
O MIUDINHOS ficará para sempre em nossa memória e em nosso coração! Foi um tempo intenso, verdadeiro e cheio de emoções!
Obrigada de todo coração r muito sucesso a vocês, sempre!”

Mariana Chaves de Resende, na época da formatura da filha Maria Eduarda em dezembro de 2016

“Quero expressar meu agradecimento pelo acolhimento da Duda no MIUDINHOS.
Aí ela desenvolveu, cresceu, amadureceu, mas, acima de tudo, continuou feliz no ambiente escolar!
Ao recebê-la, vocês abriram também um novo mundo para ela, um novo olhar e muitos aprendizados.
Aí ela foi bem recebida e pôde continuar sua história de crescimento.
O MIUDINHOS ficará para sempre em nossa memória e em nosso coração! Foi um tempo intenso, verdadeiro e cheio de emoções!
Obrigada de todo coração r muito sucesso a vocês, sempre!”

Mariana Chaves de Resende, na época da formatura da filha Maria Eduarda em dezembro de 2016

“Gostaria de dizer que também já fui uma “miudinha”. Não sei dar tantos detalhes como os alunos que escreveram os outros depoimentos porque isso foi há 26 anos atrás! Só sei que ate hoje minha mãe é muito grata a todas as pessoas que cuidaram de mim com tanto carinho e atenção enquanto ela trabalhava. Até hoje tenho a caderneta de anotações, explicando direitinho como eu passava os dias na escola… Hoje eu tenho uma filhinha de 1 ano e, se tivesse que escolher um lugar seguro para ela passar o dia, com certeza seria ai, com vocês! Muito obrigada a todas as professoras que cuidaram de mim.”

Nadia Rocha Vieira da Silva Alberto, ex-aluna, em 2009, por e-mail

“Oi, meu nome é Ana Luíza e gostaria de falar sobre a minha infância, quando começamos a ter alguns sonhos e fantasias da imaginação… Nessa época eu entrei para uma escola chamada MIUDINHOS, uma escola perfeita em minha opinião de aluna. Quando saí do MIUDINHOS, eu fui para uma escola grande, com um absurdo número de alunos e onde os professores não davam uma atenção especial a cada aluno… Outra coisa que eu descobri foi que existem bombas, recuperações e alunos bagunceiros e desorganizados. No MIUDINHOS tínhamos respeito uns pelos outros, nunca tínhamos punições, nem fazíamos farra como algumas crianças fazem.”

Ana Luíza Barbosa Nicolini, ex-aluna, em 2005, quando tinha 10 anos

“Olá! Aqui é a Diana, antiga aluna do Miudinhos! Gostaria muito de agradecer a cada um de vocês pelo carinho, atenção e respeito com os alunos. Como estudei no Miudinhos desde pequena, acho que posso afirmar, com toda a certeza, que esta escola foi muito especial e importante para a minha vida e significou muito para mim. Gostaria que soubessem que adorei cada coisinha que vocês prepararam para nós, e também quero que saibam que a escola que vocês têm é especial!!! Como esquecer aquelas deliciosas noites em que íamos supercontentes para a escola, para encontrar os colegas e professores… Esses dias eram extremamente especias, e achávamos o máximo ficar acordadas até tarde da noite!!! O dia de banho de mangueira era o melhor dia da semana! Todas as terças-feiras eu acordava animada para o refrescante banho de mangueira! Como era gostoso lavar os “tapetinhos” amarelos que usávamos para assentar na sala de aula… E que decepção quando chovia e não podíamos nos divertir nesse banho!”

Diana de Faria Viotti, ex-aluna, em 2007, quando tinha 11 anos

“Criar filhos é papel de seus pais; assim foi no passado, hoje e será sempre, a despeito da inversão de papéis que eventualmente presenciamos. Educação vai mais longe. Para isso, contamos com parcerias, e a escola faz parte desse time.

Quando trouxemos nossos meninos para o Miudinhos, com um, dois, três, quatro anos, independentemente de já termos tido essa experiência com filhos mais velhos ou não, esperávamos não mães e pais postiços para neles escorar nossa criação; mas pessoas profissionalmente preparadas para ensiná-los aquilo que não era de nossa competência.

Competência! Essa é a palavra! Vocês a honram e, por isso, nosso muito obrigado.

Obrigado. Obrigado a todos os professores, auxiliares de turma, funcionários, supervisão e direção; obrigado pelo cuidado carinhosíssimo e por nos deixar mais seguros na entrega dos nossos meninos.

É difícil demais medir sentimentos, mas em nome dos pais e mães dos queridos

Artur, Enrico, Francisco, Jahn, João Pedro, Lavínia, Letícia, Lucas, Samara, Theo e Victor, me sinto muito confortável em expressar um tantão de amor pela escola que acolheu nossos filhos.

Parafraseando o mestre Carlos Drummond de Andrade,” as coisas findas, mais que lindas, essas ficarão”.

Fiquemos com Deus e voltemos à estrada que é longa!

A Turma Azul aplaude vocês de pé, e, novamente, nosso muito, muito obrigado!”

Mensagem dos pais de alunos da Turma Azul lida durante a festa de formatura em Dezembro/2015

“Despedir é sempre ruim quando se gosta. Despedir dessa escola está sendo ainda mais difícil.

Nossa primeira experiência com educação infantil. Fomos tão bem acolhidos que não há como não lamentar esse momento. Mas é preciso seguir a caminhada da vida…

Gostaria de dizer que o Davi freqüentou a escola, mas nós, seus pais, aprendemos muito durante todo esse tempo de convivência. Aprendizado pra toda a vida.

Teremos sempre o prazer de recordar cada momento vivido com a família Miudinhos.

Parabéns pela dedicação e comprometimento em educar. O trabalho de vocês é precioso na vida de qualquer ser humano.

Nosso agradecimento a cada um, desde o Marco Antonio (que é o primeiro que a gente encontra todos os dias) passando pelas auxiliares e pelo pessoal da limpeza e da cozinha, pelas meninas do administrativo e professoras, em especial Dorinha e Juliana. Sempre com um sorriso no rosto e prontos a nos atender.

Ficam a saudade, as lembranças tão queridas e o orgulho de ser MIUDINHO!

Muito obrigado.

Um forte abraço.”

Ana Cláudia e Edgard, pais de Davi Mayrink Mattos, em sua mudança de cidade em maio de 2014

“Há alguns anos, em visita ao MIUDINHOS para conhecê-lo, tive a “impressão” entre todas as escolas por nós visitadas, que esta seria a melhor para nossa filha. Que aí teríamos uma boa acolhida, segurança e educação.

Durante todo esse tempo, percebemos que a “impressão” se tornou uma certeza cheia de satisfação, encantamento, não só pela acolhida, educação e segurança, mas também pela competência, profissionalismo, dedicação, ensinamentos e amor de toda a equipe.

Hoje temos a satisfação e a grande felicidade por ver Maria Clara crescida, madura, mais feliz, com grandes conhecimentos e grande valores. Sabemos que vocês tiveram grande participação nisso e que farão parte da história de vida de Maria Clara.

O nosso muito obrigado, de coração, por tudo isso!

Sentiremos muitas saudades de todos vocês!

Deus continue abençoando vocês. Sucesso sempre.”

Juliana e Anderson, pais de Maria Clara Brandão Cäsar, na época da sua formatura em dezembro de 2013

Quando eu era pequenino,
Ainda sem saber falar,
meus pais de preocuparam:
onde meu filho vai estudar?
Pais de outras crianças tentaram outra escola.
Outros, sequer deram bola.
Alguns deixaram de lado escolas grandes,
que mais parecem feitas para gigantes.
Meus pais levaram em conta a localização,
mais perto de casa e do coração.
Escolheram o Miudinhos,
onde a criança é tratada com respeito e carinho.
Quem chegou lá com um aninho,
Clarice logo pegou no colinho.
Eu quase sempre ficava bem sujinho,
depois de fazer o meu lanchinho.
Aí chegava a Cléa querida,
para dar uma boa varrida
naquela bagunça danada.
terminando tudo com uma boa risada.
Aos dois anos foi a vez da Regina,
uma professora com cara de menina,
que nos ensinou as palavrinhas mágicas
de uma forma divertida, sem lágrimas.
No terceiro ano,
quando alguns já largavam a mamadeira,
chega a Júnia ensinando,
que nem tudo é brincadeira.
No penúltimo ano fui recebido por Ana Márcia,
que não é dona de farmácia,
mas usa o sorriso como remédio
e enche de alegria até um prédio.
Por fim, veio a Juliana, e o ciclo fecha.
Já é hora de alfabetizar.
E todo mundo já pode perceber
que estamos aprendendo a ler e escrever.
Elza, nossa nobre diretora,
praticamente uma mãe protetora.
Agora só nos resta agradecer:
Miudinhos, obrigado, obrigado, obrigado,
Por ter nos ensinado a crescer!

Homenagem prestada por Danielle Lopes da Silva, mãe dos ex-alunos Pedro e Luísa, na festa de formatura do Pedro em dezembro de 2011

“Gostaria de agradecer à equipe do Miudinhos: D. Elza, Juliana, Izabela, Idelma. Michelle, Poliana, Ana Eliza e demais professores, auxiliares e funcionários.

O processo de adaptação do meu filho ocorreu de forma muito tranquila. Esta escola respeita a criança como ela é, seu temperamento, sua família e a maneira como é criada.

Cada criança vem de um mundo diferente e são inseridas num mesmo ambiente, a escola. Mas vocês, com toda sabedoria, experiência e carinho souberam conduzir cada um até sua plena adaptação.

Minha experiência ao levar pela primeira vez meu filho à escola foi muito feliz. Não vivi o que costumo escutar das pessoas. Não teve choro e não fui embora com o coração apertado. Não houve angústia.

Aos pouquinhos, meu filho foi se sentindo bem na escola, se sentindo seguro e confiando na equipe, em especial na Ana Eliza que, carinhosamente, esteve ao seu ladoneste período.

A Equipe Miudinhos conseguiu mostrar ao meu filho que é legal ir à escola”.

Ana Cláudia Mayink Mattos, mãe de Davi, em fevereiro de 2013

ENVIE SEU DEPOIMENTO

PROPOSTA PEDAGÓGICA

EQUIPE MIUDINHOS

NOSSO ESPAÇO